segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Não poderia ter vindo em melhor hora...

Olá!
Visitando o blog da Deyse Figueiredo, encontrei a indicação desse texto do blog da Danila, e que indicação viu, serviu como uma luva para mim, revela exatamente tudo o que estou sentindo no momento e não estava sabendo como expressar.
 
Agora eu sou dois
Meu corpo muda tanto que meus órgãos parecem querer ir embora. A fome vem com jeito de enjôo. A felicidade vem com vontade de ficar quieta. Shiii. Silêncio.

Eu, imóvel tentando ouvir você crescer em mim. Eu, com medo, tentando sentir que está tudo bem. Tentando pensar que sou um bom ninho. Ou casulo. Ou casa. E você sugando as minhas forças, meu humor, meu sentido de realidade para fazer crescer a pele que vamos acariciar, a boca que vamos alimentar, os olhos que vão ver o mundo de um jeito que vamos ter que ensinar. Penso em Deus.

Penso em Deus porque não poderia acreditar que posso fazer isso sozinha. Seria poder demais, responsabilidade demais, força demais para um ser humano.

Ser humana. Me sinto mais mulher do que nunca. Não super mulher, não confundam. Me sinto mulher inteira e de verdade, mas pequenininha diante de tudo que vai acontecer. De tudo que vai mudar. Das coisas que não vou se capaz de mudar. Um coração batendo dentro de mim e não é o meu.Choro e entendo.

Entendo que os homens não poderiam gerar uma vida porque se sentiriam magnânimos, capazes de tudo. Enquanto eu mal me sinto capaz de levantar da cama, de comer os legumes que te fazem bem, de não comer o chocolate que te faz mal.

Mal me sinto capaz de escrever porque sei que não vou encontrar as palavras certas. Não vou organizá-las na ordem correta. Não vou fazer quem lê estas linhas entender tudo o que eu sinto. Um turbilhão em câmera lenta dentro do meu coração, como se o furacão tivesse a noção de que na velocidade normal te acordaria, te incomodaria, te assustaria. Shiii. Silêncio.

Agora eu sou dois e cada passo, cada pensamento, cada alimento interferem em você. Quero ser só amor, mas sou humana e volto a pensar em Deus. Também penso em nós dois. Agora você, meu amor. Que me amava desde que eu era só um. Que me amou tanto que me fez dois. Que me ama muito agora, meio feliz, meio desconfiado, meio com medo de quando seremos três.


Em breve seremos três. Tenho medo de nunca mais ser só eu. Mas tenho mais medo ainda de ser qualquer coisa menos do que nós, juntos.
 
 
Grande abraço!
Uma excelente semana!!!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Enfim, sexta-feira


Nem acredito que chegou a tão esperada sexta-feira, essa semana foi muito cansativa... 
Ufaaa!!!
 Ontem o cansaço tomou conta de mim, mas quando cheguei em casa meu animo parece que se renovou, deu até para dar uma saidinha com o meu bem.
Gente...
Fomos a um restaurante que tinha rodizio de pizza, afff.... me acabei.... rsrsrsrs... Depois da sessão comilança, só queria saber de cama... rsrsrsrs...
Mas é isso aí...

Bom fim de semana pessoal!
Grande abraço!!!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Indisposição :(


Hoje estou num dia daqueles... 
Estou me sentindo totalmente indisposta, nenhuma vontade de trabalhar, minhas pernas parecem estar pesando 100 kg, náuseas, um cansaço absurdo.
Afff...
Ô fim de semana que não chega...

Já li que após o 1° trimestre esses sintomas passam, espero que sim viu...
Mas tudo por uma boa causa né!? rsrsrsrs...

Abração!!!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Sexo do Bebê

Olá pessoal, encontrei o texto abaixo no site: http://wp.clicrbs.com.br/meufilho/tag/sexo-do-bebe e achei muito bacana, portanto, compartilho com vcs.
Grande abraço!!!


O texto abaixo foi escrito por um pai de primeira viagem. Ele e a mulher estão grávidos e na expectativa por saber o sexo da criança. Nas palavras abaixo, toda a sensibilidade de um futuro paizão.
*  Mesmo que o bebê que chegará em fevereiro ou março ainda seja tão pequeninho, quase invisível, posso conversar com ele em meus pensamentos, basta fechar os olhos e reencontrá-lo nos meus sonhos. Aposto que será uma menina. Os sonhos que me “perseguiram” a vida toda me mostraram isso em detalhes.
Sempre via uma garotinha de sorriso largo - em alguns momentos faltando alguns dentinhos -, nunca se cansando de tanto pentear os cabelos na frente do espelho e fazendo comidinhas imaginárias em pequenos fogões de brinquedo. Ela gostava de levar a tiracolo sua boneca preferida, de cabelos desgrenhados e com batom, e adorava escrever em seus cadernos com sua letrinha redondinha. Nos meus sonhos, algumas vezes era eu quem a arrumava. As roupinhas até podiam não combinar muito, mas eram originais, bem coloridas, estilosas até.
Também lia historinhas nas quais a fada azul sempre fazia tudo ter um final feliz. Algumas vezes, era assim que ela dormia, com a cabecinha nos meus braços e nas nuvens. Vestida de prenda, com duas tranças e o rosto cheio de pintas pretas, enxergava ela fazendo folia em festinhas de São João, ganhando brindes na pescaria e torcendo para o cavalinho vencer, sempre impulsionado pelo número 4.
Ela dizia que dava sorte justamente por ser o meu número da sorte. Pulava corda, brincava de amarelinha e ficava hipnotizada com desenhos na TV: amava a Pantera Cor-de-Rosa.
“É sapeca”, me contava.
Agora, se meus sonhos não estiverem certos - minha insônia às vezes atrapalha -, é só substituir casinhas, bonecas, fogões e geladeiras de brinquedo, histórias de faz-de-conta e cabelos muitas vezes penteados por outros tipos de brincadeiras. Como chutes sem pontaria na bola de couro número 5, as aventuras do insuperável Pica-pau e da turma do Chaves para quase chorar de tanto gargalhar, castelos de areia para esmoronar, pés de abacate e laranja para subir e ver a rua do alto, joelhos para esfolar, carrinho- de-lomba para construir e, claro, uma linda camisa vermelha que já vem com todas as estrelas que um grande clube sonha em ter. Não há maior amor no mundo do que um filho, muitos sempre me disseram isso e eu sempre percebi isso quando vejo amigos com seus pequenos. Agora eu e a Eli sabemos disso.
* Daniel Correa - jornalista, trabalho no Jornal Pioneiro, em Caxias do Sul.

domingo, 19 de setembro de 2010

Uм ƒιLHO мUdα мUιTO α Vιdα dα GєиTє....


α иossα яєsρoиsαьιlιdαdє мudα,
α suα ьαяяιgα мudα,
O sαldo dα suα ρouραиçα мudα,
Sєus soиhos мudαм.
α suα áяєα dє sєяvιço мudα,
α ьαguиçα иo sєu сαяяo мudα,
Sєu ρlαиo dє sαúdє мudα.
Suα сoмρяα dє suρєямєясαdo мudα,
є αté α ƒαяяα сoм os αмιgos мudα.
мαs tudo ιsso мudα ραяα мєlhoя.
αgoяα αs сoιsαs сoмєçαм α ƒαzєя sєиtιdo!
É ьoм мudαя dє vєм єм quαиdo...

sábado, 18 de setembro de 2010

Surpresa especial...

video

Este vídeo foi feito pela minha amiga Danúbia. É simplesmente maravilhoso!!!
Ameeeiiii!!!!!!!!!!
Bjokas minha linda!!!

13 semanas...

Nossa!!! Como o tempo voa...

Quando descobri minha gravidez, estava com 6 semanas, de repente, não mais do que de repente...   13 semanas.

Até que não posso reclamar, pois tive até então poucos ênjoos, o que pegou, pricipalmente na última semana foi um desânimo geral, vontade de trabalhar? Nenhuma... Aiai... como foi difícil manter os olhos abertos, principalmente após o almoço... rsrsrsrs...

É incrível como em pouco tempo as transformações no corpo e nos hábitos já são visíveis...
  • A barriguinha já está saliente...
  • As calças jeans já estão beeemmm apertadas (aliás, vesti uma calça para ir em um aniversário... Afff... não posso nem lembrar, foi um alívio quando cheguei em casa e pude tirá-la e colocar aquele pijaminha velho mas super confortável... rsrsrsrs...)...
  • Alguns alimentos já não são bem vindos (engraçado que estou amando salada, e confesso que não era muito chegada... rsrsrsrs... aliás, tô adorando tudo que é gelado)...
  • As unhas estão agradecendo... rsrsrsrs... nunca estiveram tão bonitas...
  • Uma amiga disse que já estou com brilho radiante de mãe, fiquei toda...toda... rsrsrs...
E só de pensar que muitas mudanças ainda estão por vir... dá um friiiooo na barriga ...

Que venham as mudanças...

Que venha este bebê abençoado para nos trazer muita alegria...

Grande abraço!!!

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Contando para o papai...

Olha o sapatinho aí...


Depois de passado o susto da descoberta, outra questão importante... 
Como contar para o papai!?!
Afinal, uma notícia como esta merecia uma preparação especial, rsrsrsrs... Foi então que resolvi comprar um sapatinho e entregar pra ele junto com o resultado, como havia feito outros exames, entreguei tudo junto. Quando viu o resultado, não entendeu nada, mas quando viu o sapatinho... aí sim... a ficha caiu... rsrsrsrs... Foi um momento muito bacana! Depois foi só sair espalhando a notícia entre a família. 
Ahhh... o sapatinho também serviu para contar para a vovó Irene, que se derreteu toda... rsrsrsrs...
Grande abraço!!!

A Descoberta!!!

Descobri minha gravidez no dia 28/07/10, foi um turbilhão de sentimentos: alegria, ansiedade, medo, expectativa, medo de novo... rsrsrs... Tanto que fiz dois exames, precisava ter certeza né!?!Afinal apartir daquele momento minha vida tomaria um rumo totalmente desconhecido, uma nova vida faria parte de mim.
As dúvidas são muitas...
Será hora de amamentar? 
Devo trocar as fraldas? 
Será dor de barriga?  

Afff...

Mas tenho uma única certeza...
Esse pingo de gente que está por vir, vai trazer muitas alegrias...

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

1º Post...

Olá!

Assim que descobri minha gravidez comecei várias pesquisas na internet, fiz um mini curso intensivo, tanto que na 1ª consulta já sabia de tudo que o médico estava me falando... rsrsrsrs...
O desejo de saber cada vez sobre esse mundo novo que está se apresentando pra mim me proporcionou conhecer vários blogs, com histórias e experiências maravilhosas, que me fizeram sentir uma enorme vontade de fazer parte desse mundo e ter oportunidade de compartilhar com vcs. minhas dúvidas, descobertas e experiências...

Portanto...

Aqui estou, neste blog de uma mamãe fresquinha... fresquinha, que está curtindo uma deliciosa espera por este lindo presente de Deus!!!

Grande abraço!!! Aguardo a visita de vcs.

Michele